Neste blog você irá encontrar sugestões de atividades, atividades já realizadas, informações sobre o Ensino Religioso no estado do Paraná e principalmente em Curitiba. Trabalhar com a diversidade religiosa em sala de aula é algo extremamente rico pois, é na diversidade que aprendemos a respeitar o outro.


27 de julho de 2014

EVENTO RELIGIOSO REÚNE AUTORIDADES EM SOLIDARIEDADE AOS PALESTINOS

Um ato inter-religioso em solidariedade aos palestinos reuniu cerca de 300 pessoas na tarde deste sábado (26), na Catedral Basílica de Curitiba, no centro da cidade. O evento que contou com a presença de líderes representantes das igrejas católica, ortodoxa, evangélica, hare krishna, budista e de religiões árabes e muçulmanas foi um encontro entre pessoas que buscam a paz e o fim da violência entre Israel e o grupo islâmico Hamas, que segundo fontes locais palestinas já teria vitimado mais de mil pessoas em cerca de 20 dias de conflito.

Para o diretor de comunicação social da Sociedade Muçulmana do Paraná Omar Nasser Filho, o ato deste sábado que uniu vários grupos sociais e religiosos, tinha como objetivo orar para um mesmo Deus e sensibilizar a comunidade em relação ao conflito no Oriente Médio que provoca o massacre dos palestinos da Faixa de Gaza. “De um lado está Israel, uma das maiores potências armadas do mundo e de outro lado os palestinos, um povo oprimido, que conta com uma população de cerca de 1,8 milhões de habitantes vivendo em um espaço de menos de 400 km², uma área menor do que a cidade de Curitiba”.
Nasser Filho lembra que as pessoas que habitam Gaza estão há anos limitadas a uma região que sofre com as restrições em relação ao direito de ir e vir, a entrada de alimentos e remédios, acesso à água e energia elétrica, entre tantas outras dificuldades enfrentadas, além dos incessantes ataques sofridos. “Buscamos o reconhecimento por parte de Israel dos direitos palestinos, que o país respeite e acate as resoluções da ONU e retroceda as fronteiras aos limites estabelecidos em 1967. Só assim teremos um território viável e uma paz justa e duradora”.
No culto inter-religioso os padres, pastores, monges, sheiks, entre outras autoridades religiosas proferiram um discurso que defendia a paz mundial e uma união dos povos pelo fim dos conflitos. “Clamamos para que cessem todas as matanças, genocídios e limpezas étnicas que vitimam milhares de inocentes, principalmente na Palestina” disse o diretor de relações institucionais da Federação Árabe Palestina Ualid Rabah.
O ato foi organizado pela professora de Sociologia da PUC-PR, Darling de Fátima Sampaio e nas redes sociais contava com o apoio e possível presença de mais de 1,3 mil pessoas. Segundo ela, a adesão dos representantes religiosos e de movimentos sociais fez com que o evento tivesse um resultado muito positivo. “O evento conseguiu unir e reunir pessoas dispostas a buscar a paz, a justiça e o direito à vida. Organizamos este encontro em menos de uma semana e tivemos total apoio do líderes religiosos, todos aceitaram participar deste diálogo”.
De acordo com a professora este será apenas um dos muitos eventos que poderão ser realizados. “Temos já marcada para o dia 1º de agosto a participação de Curitiba na Jornada Mundial em Prol da Palestina e de Gaza. Mas nossa ideia é mobilizar as pessoas, chamando a atenção para conflitos não só da Palestina, mas também para o da Síria e tantos outros que precisam de nossas orações em atos de confraternização e paz”.
Números do conflito
Em cerca de 20 dias mais de mil palestinos teriam morrido, vitimas do conflito entre o exército de Israel e o Grupo Hamas, sendo a maioria deles civis, segundo informações de autoridades palestinas. Além dos mortos, prédios e residências foram destruídos deixando outros milhares de pessoas desabrigadas.

Já Israel afirma só se defender e acusa o grupo Hamas de utilizar os civis como escudos, colocando a vida deles em risco. Desde o inicio dos ataques, Israel perdeu dois civis e cerca de 37 soldados.

FONTE:http://www.parana-online.com.br/editoria/cidades/news/816874/?noticia=EVENTO+RELIGIOSO+REUNE+AUTORIDADES+EM+SOLIDARIEDADE+AOS+PALESTINOS

2 comentários:

  1. Parabéns pelas publicações, que mostram sua alma pesquisadora.
    Com certeza, auxiliam muito os professores a (re)pensarem seu planejamento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, uma das bases do Ensino Religioso é a pesquisa constante.

      Excluir