Neste blog você irá encontrar sugestões de atividades, atividades já realizadas, informações sobre o Ensino Religioso no estado do Paraná e principalmente em Curitiba. Trabalhar com a diversidade religiosa em sala de aula é algo extremamente rico pois, é na diversidade que aprendemos a respeitar o outro.


18 de abril de 2016

2º ANO - RITOS E RITUAIS DE PASSAGEM INDIGENA

Após realizarmos as atividades sobre o casamento budista, conhecemos a a Festa do rito da Tucandeira.

Conteúdo: Ritos e rituais de passagem.
                  Festas religiosas.

Objetivo: Reconhecer a importância de diferentes ritos e rituais de passagem.
               Reconhecer algumas festas populares religiosas do contexto onde vive.

Critério de avaliação: Reconhece a importância de diferentes ritos e rituais de passagem.
                                   Descreve algumas festas populares religiosas do contexto onde vive.

Os alunos assistiram ao vídeo deste Rito:


Texto informativo sobre este Rito, ver postagem: Rito da Tucandeira, lá o rito poderá ser bem explorado pela professora.

Conversamos que este povo, Sataré Mawê costuma através deste mostrar como meninos passam a ser considerados guerreiros, homens e que a partir deste momento já estão prontos para se casar.  

Para realizar a atividade os alunos receberam algumas formiguinhas para pintar.




Após pintar a Tucandeira, cada um colocou a sua formiguinha na luva feita de papel kraft. Pedi para que os alunos cuidassem pois a Tucandeira de cada um estava adormecida pois tinha sido colocada num preparado com ervas. 

Veja como ficou:


















Nosso trabalho de formiguinha em formiguinha foi ficou assim...




OBS: Não consegui virar as fotos.

2 comentários:

  1. Olá!Como a luva foi confeccionada?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, cortei tiras de papel bobina e fui trançando até que ficasse parecida com a luva dos indígenas mas como iria colocar as formiguinhas confeccionadas pelos estudantes tinha que ser uma "luva" bem grande.

      Excluir