Neste blog você irá encontrar sugestões de atividades, atividades já realizadas, informações sobre o Ensino Religioso no estado do Paraná e principalmente em Curitiba. Trabalhar com a diversidade religiosa em sala de aula é algo extremamente rico pois, é na diversidade que aprendemos a respeitar o outro.


18 de janeiro de 2019

FESTA DE XANGÔ - 1º ANO

Conteúdo: Festas Religiosas: – festas religiosas populares da comunidade em espaços vivência e referência, contemplando as quatro matrizes.
Objetivo: Conhecer diferentes festas religiosas populares no contexto onde vive.

Apresentei aos estudantes o seguinte vídeo:


Perguntei aos estudantes se eles sabiam o que estava acontecendo. Claro que muitos descreveram o que viram no vídeo, mas como tenho adeptos do Candomblé nas turmas de 1º ano, logo veio a resposta: é uma festa pra Xangô!! Inclusive, o estudante, fez saudação de Xangô também na hora do vídeo. 

Em seguida conversamos sobre qual era o foco principal da Festa de Xangô e eles falaram em sua maioria que era a fogueira, pois perceberam que as pessoas dançavam em volta dela.

Apresentei o seguinte texto em cartaz para os estudantes, este texto também foi colado no caderno de cada um:


Logo depois apresentei mais algumas imagens da festa e de quem seria Xangô:

Fonte: https://poraqui.com/programacao/festa-do-fogo-celebra-xango-no-ciclo-junino-do-recife/ 



Fonte: http://nossoamanha.ig.com.br/orixas-buzios/2016-10-17/xango-um-rei-no-candomble.html 

Xangô, é um dos Orixás mais populares no Brasil e preza pela justiça e pelo fogo. Sentimento de derrota é uma coisa que não existe em sua personalidade. Apesar de ser famoso por sua ação repressiva e autoritária, consegue distinguir entre o bem e o mal. 

Os Raios e trovões são suas armas, que envia como castigo a quem age de maneira contrária a seus princípios de justiça, mais também traz consigo grandes cargas elétricas e o poder do fogo. Os filhos de Xangô são justos e odeiam a mentira e a falsidade.

Quer saber mais sobre este orixá? Acesse: Candomblé: o mundo dos orixás: Xangô

Logo em seguida confeccionamos a nossa fogueira coletiva, enquanto os estudantes desenhavam a fogueira em seu caderno para representar a Festa, eu ia chamando de um por um para carimbar a mão, mas antes indaguei os estudantes: qual éa cor do fogo? Aí mostrei as tintas e começamos nosso cartaz!







E finalizamos nossas atividades com a exposição do cartaz na Feira do Conhecimento que aconteceu em um dos nossos sábados letivos!



Foi uma atividade bem interessante, os estudantes conheceram uma festa religiosa que muitos ainda não conheciam! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário