Neste blog você irá encontrar sugestões de atividades, atividades já realizadas, informações sobre o Ensino Religioso no estado do Paraná e principalmente em Curitiba. Trabalhar com a diversidade religiosa em sala de aula é algo extremamente rico pois, é na diversidade que aprendemos a respeitar o outro.


16 de fevereiro de 2016

A MULHER NO ISLAMISMO 4º E 5º ANO

Para iniciar o assunto, primeiro trabalhamos com um texto: O que é o Islamismo?



Conversamos sobre o texto e os alunos responderam as seguintes questões:
uma maneira de não só ler o texto mas compreendê-lo melhor procurando as respostas.

1 - De que tradição religiosa é o texto?
2 - O que significa Islam?
3 - A que se refere o termos? (Islam)
4 - Você sabe o que é monoteísmo?
5 - Qual é a vontade de Deus, segundo esta tradição?
6 - Qual é o significado da palavra muçulmano?

Corrigimos as respostas e apresentei aos alunos a história de uma família muçulmana que vive no Brasil, a família do Nabil:


Conversamos também sobre as características da mulher muçulmana, já que na história do Nabil vimo que tanto na vestimenta quanto no vocabulário e na maneira de se portar com a família a mulher muçulmana se destaca.
Apresentei para os alunos estas características, passei no quadro somente o que está sublinhado e  fomos conversando item por item.

Características das Melhores Mulheres:
• Ela é sempre contente: “Uma boa mulher é a que fica feliz e contente quando seu marido lhe dá carinho, e quando ele a encomenda para algo que é de seu direito ela obedece-lhe imediatamente, e nunca faz nenhuma coisa contra a sua vontade”. – o Profeta Sagrado Mohammad (S.A.A.S.)
Ela é uma grande cozinheira e uma boa administradora: “Uma mulher que cozinha uma comida arrumada, limpa e deliciosa para seu marido. Deus fornece uma grande refeição para tal esposa no paraíso. No céu, lhe darão de beber e comer tudo o que você deseja, esta é a recompensa da dor e serviços que você executou para seu marido!” – o Profeta Sagrado Mohammad (S.A.A.S.)
• A melhor mulher entre as suas mulheres é aquele que cozinha uma comida deliciosa, gasta merecidamente e não desperdiça. “Tais mulheres são as servas de Deus, e as servas de Deus nunca se tornam desesperadas!” – Imam Jafar Assadeq (A.S.)
• Ela é inestimável: “Uma mulher não tem preço, mesmo estando bem ou mal. Uma senhora boa e bonita não pode ser medida com dinheiro, ouro ou prata, como ela é muito mais cara e preciosa do que dinheiro ou ouro. Semelhantemente uma mulher com mau caráter e natureza ruim não pode ser comparada com a areia, pois a areia é muito mais valiosa do que ela”. – Imam Jafar Assadeq (A.S.)
• Ela ama, preocupa-se e é paciente: “Você não quer que eu lhe diga quais mulheres entrarão no paraíso? Uma mulher que está amando e se preocupando com seu marido, e dá nascimento às suas crianças e quando ele se zanga com ela, ela imediatamente diz que a minha mão está na sua mão e ela não se torna satisfeita até que seu marido fique feliz com ela”. – o Profeta Sagrado Mohammad (S.A.A.S.)
• Ela é obediente: “A mulher feliz e afortunada é aquela que respeita seu marido e não lhe dá nenhuma dor, dano ou desconsola e não lhe importuna, assim como obedece-lhe em todos os aspectos direitos da vida”. – Imam Jafar Assadeq (A.S.)
• Ela faz Jihad: “O Jihad da mulher é que ela não deve perder a sua paciência se ela for prejudicada por seu marido. A sua paciência é o seu Jihad”. – o Profeta Sagrado Mohammad (S.A.A.S.)

Após esta atividade os alunos escolheram 3 características e ilustraram no caderno:























OBS: não sei o que aconteceu com as imagens, pois quando salvei as imagens estavam todas na posição correta, desculpem.

Depois os alunos aprenderam que assim como no Judaísmo o islamismo também suas grandes mulheres, são elas:
Asiya ( A esposa do Faraó)
Maria ( Mãe de Jesus)
Khadija ( Esposa do Profeta Mohammad) e
Fátima ( A filha do  Profeta Mohammad)

Então apresentei este texto aos aluno que tinham que completar com as palavras do quadro.


Conversamos sobre a adoração de vários deuses e como se dá a adoração a um único Deus. Conversamos sobre o milagre de Moisés o qual a esposa do faraó presenciou.

Como atividade os alunos, baseado no texto anterior, teriam que escolher 3 das características para exemplificar Asiya.

Para conhecer a segunda grande mulher, apresentei este texto sobre Maria:

Maria, a Mãe de Jesus, detém uma posição muito especial no Islã, e Deus a proclama como a melhor mulher entre toda a humanidade, a quem Ele escolhe sobre todas as outras mulheres devido à sua religiosidade e devoção.
Ela era conhecida por sua religiosidade e castidade, e se fosse diferente, ninguém teria acreditado em sua alegação de ter dado à luz sem ser casada ou noiva, uma crença e fato que o Islã considera verdadeiros.  Sua natureza especial foi um dos muitos milagres provados em sua tenra infância.  Deixe-nos contar o que Deus revelou em relação à bela estória de Maria.

Milagres em sua Presença e Visitação dos Anjos

Enquanto Maria crescia, até mesmo o profeta Zacarias notou as suas características especiais, devido aos vários milagres que ocorreram na presença dela.  Maria, durante o seu crescimento, recebeu um quarto recluso dentro do templo onde ela devia se devotar à adoração de Deus.  Toda vez que Zacarias entrava na câmara para ver o que ela precisava, ele encontrava frutas abundantes, e fora da estação, na presença dela.
“Cada vez que Zacarias entrava na câmara, ele a encontrava provida com sustento.  Ele disse, ‘Ó Maria!  De onde te provém isso?’  Ela respondia, ‘De Deus.’  Certamente Deus concede sustento sem medida a quem Ele quer.” (Alcorão 3:37)
Ela foi visitada pelos anjos em mais de uma ocasião.  Deus nos diz que os anjos a visitaram e a informaram de sua condição louvável entre a humanidade:
“Quando os anjos disseram, ‘Ó Maria!  Deus te escolheu e te purificou (devido à tua adoração e devoção), e te escolheu (fazendo-te mãe do profeta Jesus) sobre todas as mulheres dos mundos.  Ó Maria!  Ore a teu Senhor devotadamente, e te prostra e te curva com aqueles que se curvam.’” (Alcorão 3:42-43)
Devido a essas visitações dos anjos e por ela ter sido escolhida sobre as outras mulheres, alguns consideram que Maria foi uma profetisa.  Mesmo se ela não foi, o que é matéria de debate, o Islã a considera detentora da posição mais alta entre todas as mulheres da criação devido à sua piedade e devoção, e devido ao fato dela ter sido escolhida para o nascimento milagroso de Jesus.


Solicitei que os aluno pintassem as seguintes palavras:

                    MILAGRE                     RELIGIOSIDADE                DEVOÇÃO                                               RECLUSO                      PROFETISA                      PROVIDA

Faça um desenho  3º e 4º parágrafo do texto:




Os textos sobe Khadija e Fátima foram realizadas leituras e conversas, sempre lembrado das características da mulher muçulmana que vimos no início. O não abandonar o marido nas situações mais difíceis e como a mulher e o homem preservam a família. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário